COLÉGIO MONTE CASTELO INSERE O XADREZ NA GRADE CURRICULAR
do Clube de Xadrez Marabá por
 
NO CANTO ESQUERDO A SABRINA, ALUNA QUE ESBANJA BELEZA E SIMPATIA
O Clube de Xadrez Marabá apresenta a sociedade marabaense uma importante entrevista com o Diretor Geral do COLÉGIO MONTE CASTELO o Senhor Élcio Petri. Com os devidos parabéns pela DECISÃO DE IMPLANTAR O XADREZ NA GRADE CURRICULAR e pelos EXCELENTES RESULTADOS DA ESCOLA NO ENEM 2010, recentemente divulgados, que demonstra que o “Monte Castelo” oferece educação de qualidade superior, colocando-a como uma das melhores Escolas de Marabá entre as privadas e as públicas. As palavras do Professor Élcio deixam fluir o gosto pela Educação, vejam na entrevista abaixo:


CXM: O Colégio Monte Castelo tem ao longo de sua história uma trajetória de sucesso. Sabemos do excelente desempenho do Monte Castelo no ENEM e do elevado índice de aprovação no Vestibular. Existe uma receita de sucesso? Cite alguns dos fatores que resultaram no quesito excelência desta Escola.

ÉLCIO: Verdadeiramente não há nenhuma receita. O que existe é um grande empenho e vontade de fazer melhor. Trabalhamos do micro para o macro, observamos os pequenos detalhes visando atingir nossos objetivos maiores. Temos uma preocupação toda especial com nossos professores, pois são eles que lidam diariamente com nosso público estudantil, e esses refletem nossa identidade.



CXM: Como é trabalhar com Educação e quais os principais desafios enfrentados para conseguir o crescimento educacional e intelectual de milhares de alunos e aprovação de vários calouros às universidades?

ÉLCIO: A educação proporciona uma experiência ímpar, você pode perceber a alegria de uma criança que soletra as primeiras palavras e sentir a emoção que o jovem expressa ao ser aprovado no vestibular. Sem dúvida, lidar com inúmeras pessoas é um grande desafio, pois cada uma traz consigo suas convicções, e às vezes temos que fazer “mágicas” para se fazer entender, a fim de proporcioná-los um resultado eficaz.



CXM: O Ensino público, notadamente em Marabá, parece que vive uma crise, e os números do IDEB e do ENEM revelam uma situação preocupante. Em sua opinião o que deve ser feito para melhorar o Ensino Público?

ÉLCIO: De fato não podemos nos orgulhar da realidade que vive o ensino público de nossa cidade, que é um retrato do país. Com certeza há a necessidade de uma reforma séria na estrutura funcional da educação pública no Brasil. Dos 5 milhões de pessoas que trabalham na educação no Brasil, cerca de 3 milhões de funcionários estão longe da sala de aula, ou seja, um número 50% maior que o número de professores. Fica claro que o setor educacional é um verdadeiro cabide de emprego, onde os poucos que trabalham, carregam a culpa da situação.



CXM: A cidade de Marabá vem, ultimamente, figurando com elevados índices de violência. Em sua opinião, quais os fatores que desencadearam esta situação preocupante?

ÉLCIO: A cidade de Marabá ao longo de sua caminhada tem apresentado um histórico de violências. Na década de 80 foi o garimpo de Serra Pelada que atraiu aventureiros de todo o Brasil, esses, em sua maioria, sem profissão e nenhuma escolaridade. Depois veio as disputas de terra, fazendeiros x posseiros. Hoje considero a realidade ainda mais grave, pois temos os próprios governantes divulgando na TV que a região receberia investimentos milionários. Depois reportagens a nível nacional afirmando que esta é a Terra do Futuro. Tudo isso atrai pessoas desavisadas e sem qualificação, ou seja, muita miséria. E onde há miséria há violência.



CXM: Com muita satisfação o Clube de Xadrez Marabá divulgou na Cerimônia de Premiação realizada no dia 11 de novembro, a inserção do xadrez no Colégio Monte Castelo, gerando muitos aplausos por esta iniciativa. Na ocasião recebemos o “feedback” de uma mãe que vai renovar a matrícula do seu filho por conta desta notícia. Quais os resultados que a Escola pretende colher com esta importante medida? Fale-nos um pouco deste projeto.

ÉLCIO: Realmente é verdade, em 2012 implantaremos o XADREZ NA ESCOLA. Há tempos desejávamos trabalhar este esporte. Recentemente realizamos breve estudo e confirmamos o real beneficio aos estudantes e à escola. Observamos que as escolas que se destacaram no último ENEM tinham o xadrez na sua estrutura curricular. De fato, muitas pesquisas educativas relacionadas com o xadrez provam a influência positiva deste jogo sobre seus praticantes, ele ajuda a melhorar a atenção, a disciplina, o pensamento lógico e a imaginação.




O Clube de Xadrez Marabá agradece ao Sr. Élcio Petri, Diretor Geral do Colégio Monte Castelo, uma ESCOLA DE SUCESSO e deseja um sucesso, ainda maior com esta importante medida. Ficamos a disposição em apoio ao Projeto de Xadrez. Colocamo-nos a disposição de V. S.ª para quaisquer esclarecimentos.


VEJA MAIORES INFORMAÇÕES:

COLÉGIO MONTE CASTELO
http://www.colegiomontecastelo.com.br/
Av. Dois Mil, Qd. 91, Lt. 01-16
Bairro: Belo Horizonte
(94) 3324-3633
Marabá – PA


 





Livro - Xadrez para Iniciantes
Livro - Xadrez para Iniciantes
Jorge Dias Llivi Ibanez
Esta obra aborda diversos assuntos, desde os básicos aos mais avançados, assim, é um excelente material de estudos, tanto para jogadores experientes quanto para iniciantes.

O leitor iniciante no mundo do xadrez encontrará os conceitos básicos, o movimento das peças, as leis do xadrez de acordo com a FIDE e a notação do xadrez. Por sua vez, o leitor que já conhece e pratica o jogo encontrará uma coleção de armadilhas, pequenas partidas e partidas comentadas. A obra ainda propõe mais de quatrocentos exercícios resolvidos para que o leitor pratique seus conhecimentos.

Enfim, o livro contém um material de estudos completo para os amantes de xadrez.


Disponível em: Americanas                Shoptime                Submarino