O dia do Rosemiro !!!
do Núcleo Enxadrístico de Macaíba por
 


Neste 22 de Maio de 2017 completa 22 anos o nosso querido monitor Matheus Rosemiro. Que Deus em sua infinita bondade ilumine seus caminhos e te cubra de bençãos.
 






Bobby e Judit!
do Reino de Caíssa por
 
Por FERNANDO MELO

Família Polgar: Susan e Judit (em pé) Sofia sentada, a
 mãe Klara com o bebezinho de Judit e o pai Laszlo.
Quando Judit Polgar nasceu, no ano de 1976, Bobby Fischer já tinha abandonado os tabuleiros oficiais quatro anos atrás. Ela na Hungria, ele nos Estados Unidos. Quis o xadrez que mais tarde os dois se encontrassem, quando Fischer foi morar na Hungria., na década de 90. 

Analisando friamente. baseado em pesquisa e estatística, Judit Polgar é a melhor jogadora de todos os tempos. E vou mais longe, porque acredito: Judit fez Fischer mudar a opinião que ele tinha sobre as mulheres enxadristas. Para ele, a mulher era inferior ao ponto de ele dar um cavalo de vantagem e ganhar!.Judit mostrou que as mulheres sabem jogar como os homens. Vejam o que hoje faz a nossa querida chinesinha Hou Yifan!

Judit e Fischer
Fico feliz quando falo de Fischer e de Judit. Eles estudaram e analisaram muitas partidas juntos. Fischer frequentava a casa da família Polgar e imagino o quanto ele ensinou às três irmãs! Não quero me aprofundar nesse assunto, pois prefiro falar sobre Fischer até 1972. A presença dele com os Polgar foi na década de 90. Mas é impossível falar da força de Judit como enxadrista, sem lembrar Bobby Fischer. Hoje ela tem 40 anos e está afastada das competições, mas a coroa continua sendo dela para sempre!. 

Fischer com parte da família Polgar
 






IV Etapa - Campeonato Municipal de Xadrez Rápido 2017
do Liga de Xadrez Paulo Afonso por
 

Está previsto para acontecer no dia 03 de Junho, nas dependências do Colégio Montessori, a IV Etapa do Campeonato Municipal de Xadrez Rápido 2017 que será disputada na categoria SUB-08, SUB-10, SUB-12, SUB-14, SUB-18 ADULTO e FEMININO e conduzida pelo instrutor e Árbitro Nacional de xadrez Valdimir Devos.

Esta competição será disputada no formato suiço em 5 rodadas de 20 min + 5 seg ou 25 min (K.O.) e emparceiramento eletrônico.

As inscrições para esta etapa podem ser efetuadas enviando e-mail para: pauloafonsoxadrezclube@gmail.com ou preenchendo o formulário a seguir, ou ainda, diretamente no local do evento, momentos antes de iniciada a competição. O valor das inscrições será de R$ 5,00 (cinco reais).


Acompanhe a relação dos inscritos, bem como, os resultados da competição no link a seguir:



Os enxadristas disputarão a premiação dentro das respectivas categorias e ao todo este campeonato será organizado em 7 etapas sendo que ao final da última etapa, conheceremos os campeões municipais de xadrez rápido de nossa cidade em todas as categorias.

O campeonato Municipal de Xadrez Rápido 2017 será válido para cálculo de Rating PAXC e LBX na modalidade xadrez rápido.
Mais detalhes podem ser obtidos lendo o REGULAMENTO da competição.

A premiação será conferida através de medalhas aos primeiros colocados da competição, em cada uma das categorias anteriormente relacionadas.


O cronograma de disputa será conforme segue:

Dia 03 de Junho (Sábado)

13:15 horas - Encerramento das Inscrições
13:15 horas - Congresso Técnico
13:30 horas - 1ª Rodada
14:30 horas - 2ª Rodada
15:30 horas - 3ª Rodada
16:30 horas - 4ª Rodada
17:30 horas - 5ª Rodada
18:30 horas - Premiações

Confira a seguir, o folder desta etapa:




Confira a seguir, as medalhas que serão conferidas aos melhores colocados:











 






Mamedyarov Rompe os 2800 On Line !!
do Núcleo Enxadrístico de Macaíba por
 
Resultado de imagem para mamedyarov foto chess
GM Shakhriyar Mamedyarov
Em Moscow chegamos a rodada decisiva do Grand Prix, mais uma etapa de emparceiramento suiço, desta feita realizado em 9 rodadas e com 18 participantes, o que deixa um charme a mais e a competitividade mais acirrada. Liren Ding e o Lenhador Mamedyarov lideram com 5.0/8, mas Gelfand e MLV ainda podem chegar ao título. O fato marcante é que o Lenhador Mamed chegou ao Top 5, rompendo a barreira dos 2800 On Line, coisa que o chinês Ding (11), também esta perseguindo, tendo hoje 2780. 

9. Ronda a 2017/05/21 às 14.00

Tab.Nº.NomeFEDRtgPts.ResultadoPts.NomeFEDRtgNº.
112GMGelfand BorisISR27245GMDing LirenCHN27734
25GMMamedyarov ShakhriyarAZE27725GMVachier-Lagrave MaximeFRA27951
32GMNakamura HikaruUSA2786GMSvidler PeterRUS27556
43GMGiri AnishNED2785GMGrischuk AlexanderRUS27508
59GMHarikrishna P.IND27504GMRadjabov TeimourAZE271013
610GMAdams MichaelENG274734GMTomashevsky EvgenyRUS269615
711GMInarkiev ErnestoRUS27274GMHou YifanCHN265216
814GMVallejo Pons FranciscoESP27103GMNepomniachtchi IanRUS27517
917GMSalem A.R. SalehUAE26333GMHammer Jon LudvigNOR262118
 






Rocando com Bobby Fischer!
do Reino de Caíssa por
 
Por FERNANDO MELO
Petrosian x Fischer - Portoroz 1958

Rocar é preciso! Elementar, meu caro Watson!* Verdade, mas tem jogador que aqui acolá teima em não rocar e as vezes termina se dando mal. Prometi a um amigo que ia fazer um levantamento das partidas de Bobby Fischer e constatar quantas vezes ele roca durante um torneio. Vamos hoje apresentar o primeiro resultado.



Torneio Interzonal de Portoroz, 1958.


Foram 21 jogadores. Fischer terminou em 5º lugar, com 12 pontos. O campeão foi Miguel Tal, com 13,5 pontos. Mas vamos ao que interessa no momento. Fischer jogou 20 vezes, rocou dezoito, sendo 17 roques e um grande roque. Ele não rocou, por coincidência, nas duas últimas partidas. Contra Cardoso (19), que ganhou e Gligoric (20), que foi empate. O grande roque foi contra Bent Larsen (7) e Fischer ganhou.

Nesse torneio, Fischer jogou sete vezes, das dez que jogou de brancas, a Abertura Rui Lopes, e em todas ele rocou até o quinto lance. Usou as variantes C67, C84, C92( 3 vezes), C97 e C99

* Elementar, meu caro Watson.


 Em nenhum dos 4 romances romances e 56 contos escritos pelo Sir Arthur Conan Doyle sobre o detetive Sherlock Holmes, existe essa frase, apesar de famosa! Ele diz, mas de forma separada: "elementary" e em outro momento " my dear  Watson", mas nunca os dois juntos. No entanto o não dito ficou como dito e permanece até hoje! E vocês sabiam que Sir Arthur era médico e espírita fervoroso?!
 






Novo Rating Rápido da ASFX
do Emídio José Xadrez por
 
RATING DO ABSOLUTO


                                          RATING SUB8, SUB10 E SUB12

PARA MAIORES DETALHES, POR FAVOR  CONSULTEM O FACE DA ASSOCIAÇÃO SANFRANCISCANA DE XADREZ.
 






2ªEtapa do Circuito ASFX
do Emídio José Xadrez por
 


Realizou-se no ultimo dia 7 de Maio (Domingo), no SESC, a 2ª Etapa do Circuito Sanfranciscano de Xadrez Rápido 2017, com a participação de 50 enxadristas, os quais fizeram o sucesso de mais uma grandiosa festa enxadrística, sob a organização da Associação Sanfranciscana de Xadrez. 
O Campeão Absoluto foi Fábio Pires, ficando na 2ª colocação o nosso aluno do Colégio Plenus, Alvaro Cristiano e em 3ºRobério Pereira. Vejam abaixo os destaques nas outras categorias. Foram os árbitros da competição, João Junior e Rodolfo Porto com um excelente trabalho.
Outros alunos destaques na competição: Sofia Melo (Plenus) Campeã Feminino Grupo 2. José Lukas (Auxiliadora), Campeão Sub 10. 2ºs.colocados: Oliver Bruno no Sub8 e Gabriel Granja no Sub14(Plenus) e Theo William no Sub 12(Plenus). Foram 3ºs colocados: Gustavo Machado Sub 8 (Auxiliadora), Paulo Victor Sub 14 (Auxiliadora) e Ana Carolina no Fem. Geral (Ester).
 Mais uma vez agradecemos ao SESC Petrolina por ceder seu espaço para a realização do nosso evento, aos pais que estiveram presentes dando apoio aos seus filhos e todos participantes.
 VALEU! OBRIGADO A TODOS.
RESULTADO GERAL DA 2ª ETAPA DO CIRCUITO SANFRANCISCANO DE XADRE 2017
ABSOLUTO
1º FÁBIO PIRES
2º ALVARO CRISTIANO
3º ROBÉRIO PEREIRA
FEMININO GERAL
1º ADRIELLY MARIA
SUB 16
1º RUAN TELES
2º ERICK KEVEN
3º BRUNO LINHARES
SUB 14
1º PEDRO CARRIER
2º GABRIEL ANDRADE
3º PAULO VICTOR
SUB 12
1º JOÃO PEDFO
2º THEO WILLIAM
3º RYAN LUCAS
SUB 10
1º JOSÉ LUKAS
2º GEORGE FELIPE
3º CESAR ADRIANO
SUB 8
1º RAFAEL PORTO
2º OLIVER BRUNO
3º GUSTAVO MACHADO
FEMININO GERAL
1º SOFIA MELO
2º MARIA CLARA
3º ANA CAROLINA
 






XX GUARAPUAVANO - 4° RODADA
do Academia de Xadrez por
 
 1 Alex Loures, [1.5] : Alan Niquetti, [0]
 2 Eduardo Dotorivo, [2] : Rafael Padilha, [1]
 3 Ary Kaminski, [2] : Markley Sekula, [2.5]
 1 Marcelo Moreira,  [0]       :     Guilherme Kloster,  [1]
 2 Robson Pompeo,    [2]       :     Sandro Popovicz,    [2]
 3 Fabio Gomes,      [3]       :     Thales Domingues,   [1]
 DATA LIMITE PARA REALIZAÇÃO DAS PARTIDAS: 21 DE JUNHO
 






Aprendendo com Dvoretsky - II
do Reino de Caíssa por
 
Por FERNANDO MELO

Antes de começar a análise do que aconteceu durante a partida Tal - Korchnoi, Camp. URSS 1958, vamos dar uma examinada no diagrama ao lado.

Vejam que a Dama branca está em f3. Na verdade a posição da partida coloca a Dama em f4 e o peão da coluna "h" está em h6. Este foi o lance 33 feito por Tal, ou seja 33.h6+ e não 33.Df3.
Agora vamos ao que nos fala Mark Dvoretsky.

"Tal levou a cabo uma combinação errada com o tema da promoção do peão: 33.h6+ Th6 34.Dh6+ Rh6 35.g7. Depois da inesperada 35. ...Dg3+! as brancas abandonam. Portanto, era necessário 33.Df3! forçando o empate com a ameaça 34,Db7+. A 33, ...Dd5 é possível tanto 34,Df4=, como 34.Dd5+". 
 






A biblioteca de Bobby Fischer!
do Reino de Caíssa por
 
Por FERNANDO MELO
Bobby na casa de Collins na década de 50.


"Bobby provavelmente leu mais do que "ler", mas sim mastigado e digerido - mais livros e revistas de xadrez do que qualquer outra pessoas. Não era tarefa. Foi um prazer e fez dele o jogador mais experiente da historia. Cinco a dez horas por dia de leitura e estudo foram a regra, não a exceção." - Jack Collins.

Bobby aprendeu a jogar em março 1949 ( 6 anos) e logo estava lendo seu primeiro livro de xadrez, possivelmente The Games of Chess de Siegbert Tarrasch. Este foi o início de um amor ao longo da vida de literatura de xadrez que foi para servi-lo bem.

A primeira fonte de Fischer para livros de xadrez foi a Biblioteca Pública de Brooklyn, cuja coleção ele rapidamente esgotou. Felizmente por esta altura ele tinha feito amizade com Jack Collins, o fundador do lendário Hawthorne Chess Club, que se tornaria a segunda casa de Bobby. Collins tinha uma extensa biblioteca e introduziu Bobby para grande jogadores do passado, incluindo Wilhelm Steinitz e Adolf Anderssen. Os dois passaram muitas horas passando por The International Chess Magazine de Steinitz e o trabalho de Herman von Gottschall sobre Adolf Anderssen. Sua influência sobre Bobby Fischer pode ser vista em seu hábito de transformar "a peça de museu" aberturas em armas perigosas com Steinitz 9.Ch3 nos Dois Cavalos um dos exemplos mais conhecidos. Esta linha, violando a bem conhecida máxima "um cavalo na borda é fraco"

Bobby começou a construir sua biblioteca no início de sua carreira e no final dos anos 1950 ele possuía perto de cem livros e várias centenas de revistas. Sua coleção continuou a crescer até que em 1968, tendo se mudar para Los Angeles, viu-se forçado a vender parte de sua biblioteca. Uma vez estabelecido em sua nova casa Fischer começou a adquirir mais livros de xadrez com seriedade. Ron Gross, que se tornara amigo de Fischer no Campeonato Americano de Xadrez Junior de 1955 e permaneceria perto dele por quase 30 anos, lembra-se de visitar seu apartamento em 1970 e encontrar montes de livros e revistas espalhados por toda parte, com apenas um caminho estreito que permite passagem pela sala de estar."

Fica assim portanto registrado um pouco dessa particularidade na vida de Bobby Fischer, esta sua paixão incontrolável pela literatura de xadrez.
 





Topo da PáginaÚltima Página